Associação Brasileira de Sommeliers - SP ABS-SP

Notícias

Detalhes

Seja nosso Associado

A Meca Santista

ABS-SP
30/Ago
2021
A Meca Santista
Mario Telles Jr

Conta a lenda que, no início do século, os primeiros imigrantes japoneses que chegaram ao Brasil e que decidiram se fixar em Santos, saudosos de suas tradições ligadas ao porto e à pesca trazidas do Japão, implementaram a busca e captura deste peixe de grandes dimensões conhecido como espadarte, "swordfish" ou simplesmente Meca.

Que é o símbolo gastronômico oficial da cidade.

 

 

Incorporado ao patrimônio cultural da cidade desde 2005, quando, após pesquisa realizada entre os seus habitantes e os restaurantes locais por alunos de escolas de gastronomia de Santos, foi escolhido o Filé de Meca grelhado, acompanhado de risoto de pupunha e farofa de banana, como o prato oficial da cidade.

Frequentemente confundido com o peixe espada ou “Merlin”, com o qual aliás não tem qualquer parentesco, o Xiphias gladius, como é conhecido pelos biólogos o espadarte, é um peixe que vive na profundidade dos mares (em torno de 800m), com hábitos noturnos (quando sai para se alimentar, próximo à superfície).

 

 

É um peixe solitário, agressivo, que não vive em cardumes, de grande tamanho, chegando a medir até 5m de comprimento e pesar mais de 600 kg, e em consequência disto, poucos animais, como orcas e tubarões, se aventuram a predá-lo.

Sua carne é muito saborosa, com uma textura macia e tenra, o que pode ser explicado pelo teor de gordura médio/alto da mesma, comparável à da cavala, sendo por isso chamado de “picanha do mar”(nos EUA, onde é muito apreciada) e também no Japão, onde é conhecida como “mekajiki” e apreciada como sashimi ou grelhada com molho de misô.

 

 

A cor da carne oscila entre o branco e o rosado, sendo habitualmente encontrado e vendido em postas, que são consideradas mais saborosas quanto mais próximas da cauda.

Aqui no Brasil, como nos EUA e no Japão, suas postas são grelhadas como na receita original do Chef Rodrigo Anunciato com purê de pupunha e farofa de banana de 2005 e que você pode encontrar em muitos restaurantes santistas.

 

Ingredientes

 

MECA:

– 1 posta de meca

– 1 dente de alho amassado

– 1 colher de sopa de azeite

– 1 colher de sopa de manteiga

– ½ limão

– 2 camarões pistola limpos (sem cabeça e descascados)

– Salsinha picada a gosto

 

FAROFA DE BANANA:

– 2 colheres (sopa) de cebola ralada

– ½ xícara de bacon e linguiça calabresa em cubinhos

– 1 xícara de farinha de mandioca grossa

– 2 ovos cozidos

– ½ fatia de abacaxi em conserva cortado em cubinhos

– 1 banana nanica pequena cortada em cubinhos

– Sal, salsinha e cebolinha verde a gosto

– Manteiga para refogar

 

ARROZ DE PUPUNHA:

– 2 colheres de sopa de cebola picada

– 2 colheres de sopa de azeite

– Arroz branco

– 3 xícaras de chá de água fervente

– 2 cubos de caldo de legumes

– ½ xícara de chá de cenoura ralada

– 300 gramas de pupunha em cubos

– 2 colheres de sopa de manteiga

– 100 gramas de queijo parmesão fresco (ralado grosso)

 

Modo de Preparo: (meca, farofa de banana e arroz de pupunha)

 

Meca: Retire o osso da meca e separe a posta em filés. Tempere com alho, sal e limão. Corte os camarões ao meio, mas sem separar da cauda. Tempere com sal e pimenta. Em seguida, em uma frigideira quente, coloque azeite e manteiga. Grelhe os filés e os camarões de todos os lados para que não fiquem crus. Reserve e mantenha-os aquecidos.

 

Farofa de banana: Refogue o bacon em azeite e manteiga. Quando estiver dourado, acrescente a linguiça. Junte a cebola e o alho. Adicione a farinha e mexa até dourar. Desligue o fogo e junte primeiro o ovo, depois a banana, salsa, cebolinha, sal e por último o abacaxi. Reserve.

 

Risoto de Pupunha: Dissolva os cubos de caldo de legumes nas três xícaras de água fervente e reserve, mantendo quente. Refogue no azeite a cebola picada. Quando estiver transparente, acrescente o arroz. Despeje um terço do caldo de legumes e, com o fogo baixo, deixe cozinhar destampado. Quando estiver quase seco, acrescente metade do caldo e mexa algumas vezes, para não grudar no fundo da panela. Quando secar novamente, adicione o resto do caldo, a cenoura e mexa. Assim que estiver quase sem água, retire a panela do fogo, acrescente a pupunha, a manteiga, que deve estar gelada, e o parmesão. Mexa e sirva imediatamente.

 

5 RESTAURANTES ONDE ENCONTRAR A MECA SANTISTA:

  • RESTAURANTE MAR DEL PLATA
  • RESTAURANTE OLIMPIA
  • ESTAÇÃO BISTRO
  • BAR TU
  • ALMEIDA