Associação Brasileira de Sommeliers - SP ABS-SP

Notícias

Detalhes

Seja nosso Associado

CHÁS

ABS-SP
20/Set
2021
CHÁS
Mario Telles Jr

Antes de falarmos das muitas possibilidades que os chás oferecem, em termos de harmonização, é importante definir o que seria CHÁ.

Ao contrário do que se costuma afirmar, só podem ser chamados de chás as infusões de folhas de Camelia Sinensis submetidas a vários processos, devendo utilizar-se para todas as demais a denominação de infusões ou tisanas, inclusive para o mate.

 

O primeiro passo para usufruir as potencialidades de seu chá é entender que a temperatura, o tempo de infusão e a maceração prévia a que o chá foi submetido determinarão a qualidade final de seu chá.

 

Um chá de saquinho é habitualmente produto da moagem de folhas de qualidade inferior, se comparado aos chás hoje disponíveis, vendidos a granel em casas especializadas.

 

Um excesso de tempo de infusão ou uma temperatura muito elevada da água utilizada podem resultar em infusões excessivamente tânicas ou amargas.

 

Os chás mais facilmente encontrados, pelo menos no mundo ocidental, são as versões totalmente oxidadas, que constituem o universo dos chás pretos.

 

Originários da China e trazidos para o Ocidente pelos holandeses, o chá preto encontrou nas antigas colônias britânicas local fértil para se desenvolver, ganhando enorme importância econômica para a Inglaterra a partir do século 16.

 

Seu caráter intenso, encorpado, frequentemente maltado, associado a um teor variável de taninos, permite compará-lo, para efeitos de compatibilização, aos diferentes vinhos tintos, havendo, como no mundo dos vinhos, uma gama de possibilidades tão vasta quanto.

 

Assim os chás Assam, mais encorpados e tânicos, serão boas opções para carnes, reforçados por seus aromas mais terrosos e maltados, enquanto os indianos Darjeeling, mais frutados e elegantes, harmonizam melhor com sobremesas e pratos ricos em legumes e cereais.

 

Chás marcados por aromas defumados, como os Lapsang Souchong, considerado o Rei dos Chás, acompanham bem grelhados e comida condimentada, enquanto os assertivos, terrosos e tânicos Pu-Erh vão bem com alimentos gordurosos.

 

 

 

Usamos cookies e outras tecnologias para melhorar a sua experiência, personalizar publicidade e recomendar conteúdos.
Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies.